quinta-feira, 16 de julho de 2009

esse corpo de água e outros elementos

Saul Steinberg, Girl in Bathtub, 1949.
"É que se analisarmos o nosso corpo só encontramos água e uma dezena de matérias que nela flutuam. A água sobe em nós exactamente como nas árvores. As criaturas animais, tal como as nuvens, são formadas de água. Acho isto um encanto. Portanto não sabemos muito bem o que havemos de pensar de nós próprios. Nem aquilo que devemos fazer. (...) Ele afirma que desde então as coisas se têm complicado bastante. Assim como flutuamos na água, flutuamos também num oceano de fogo, numa tempestade de electricidade, num céu de magnetismo, num charco de calor e assim por diante. Mas isso não sentimos nós. Numa palavra, só restam fórmulas."

Robert Musil, O homem sem qualidades

Um comentário:

maths disse...

Corpos de água e lama férteis...Íncrível como a arte consegue exprimir tantos fenomenos sensitivos, a ponto de explicar a quimica,física e até as ciencias ocultas sem nenhum tipo de equação, a operação se dá no sentido das emoções, enquanto a cabeça animal apenas acha tudo muito loco nessa contemplaçao divina, Parabéns pelo blog Su!Iniciava seminal,certeza de um bom proveito, em meio a devaneios...Vida longa*